Colocation ou Cloud Computing, qual devo implementar na minha empresa?

Colocation e cloud computing são soluções tecnológicas que vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Empresas dos mais variados setores têm implementado os serviços em suas operações e alcançado resultados consideráveis, principalmente em economia de custos e segurança.

Embora as duas opções caminhem lado a lado, e sejam até complementares em alguns casos, elas apresentam suas peculiaridades e indicações diferentes. Conheça agora as principais diferenças entre elas e saiba escolher qual é o melhor serviço para a sua empresa.

Primeiro, o que é colocation?

No colocation, a empresa aluga a infraestrutura de data center como um serviço e nesse ambiente instala seus próprios equipamentos. Ele gera economia pois todos os custos de banda, espaço para dados, conexão, eletricidade e outros são totalmente compartilhados com o provedor de data center.

Ao migrar seus ativos de TI para um data center, sua empresa também deixa de se preocupar com disponibilidade, segurança, monitoramento, infraestrutura e redundância, pois tudo isso fica a cargo do provedor.

E tem muita vantagem?  

O colocation é mais vantajoso principalmente para empresas que já investiram em equipamentos, não querem se desfazer deles e que precisam usar seu espaço físico para outras demandas.

O serviço também prolonga a vida útil do servidor, pois o data center oferece ótimas condições de manutenção, além de vigilância contínua e altos níveis de segurança e proteção de dados.

A economia oferecida também é um ponto importante, uma vez que a empresa não precisará mais demandar esforços em pessoal, energia e espaço para alocar seus equipamentos.

Certo, e o que é cloud computing?

Ao contratar um serviço de cloud computing, toda a operação de uma empresa fica hospedada na nuvem, dispensando os equipamentos físicos próprios. O data center é que se torna o responsável por todos os ativos necessários na operação (computadores, roteadores, sistemas de segurança, switches, racks, etc).

Com esse tipo de aplicação, a organização consegue reduzir os custos de sua operação, além de ganhar maior segurança de dados, portabilidade e a possibilidade de trabalho remoto.

E tem muita vantagem?

Além da redução de custos, com o cloud computing sua empresa terá uma equipe de suporte especializada e disponível 24x7x365 para fazer o monitoramento e resolver qualquer questão técnica do servidor.

O cloud computing também é muito recomendado para organizações que precisam de ativos flexíveis e escaláveis. Nessa operação, você pode expandir a infraestrutura de TI conforme a necessidade do seu negócio, sem maiores preocupações.

 Qual eu devo escolher, então?

Os dois sistemas têm sua importância. O cloud computing geralmente é o preferido por empresas que não tem uma equipe técnica especializada ou com muita experiência em Tecnologia da Informação.

Os custos mais baixos para sua implementação – pois não necessita de aquisição de equipamentos – também são fatores decisivos na escolha. Fora que as constantes pesquisas e desenvolvimento de novas aplicações na área prevêem muitas melhorias para o futuro.

Como já citamos, o colocation é uma ótima opção para empresas que já têm seus próprios ativos de TI e que precisam de mais espaço, mas não querem despender um alto investimento em ampliação de estrutura.

Armazenar suas instalações em colocation também traz a tranquilidade de ter o controle e gerenciamento total de seus servidores, uma vez que sua própria equipe é responsável por configurações e atualizações necessárias.

No fim, o que deve ser levado para a ponta do lápis são as necessidades da sua organização e o investimento que você está disposto a fazer em soluções tecnológicas. Esperamos que com as informações desse artigo, você esteja apto a tomar uma decisão consciente e acertada para a sua empresa.

  • colocation, cloud computing, nuvem, computing, cloud
  • 0 Usuários acharam útil
Esta resposta lhe foi útil?

Artigos Relacionados

Comando SSH Centos Linux

A pedido de vários clientes dos planos de VPS, resolvemos criar este artigo com os comandos SSH...